A Bíblia pós-moderna (George Aichele; Fred W. Burnett; Elizabeth A. Castelli; Robert M. Fowler; David Jobling; Stephen D. Moore; Gary A. Phillips; Tina Pippin; Regina M. Schwartz; Wilhelm Wuellner; Barbara Theoto Lambert. Edições Loyola) [REL006000]

    R$ 62,00 R$ 62,00 62.0 BRL

    R$ 62,00

    Option not available

    This combination does not exist.

    COMPRAR
    24 Unidade(s) 


    Este livro é um guia, ao mesmo tempo acessível e abrangente, para a compreensão dos vários métodos, teorias e práticas críticas que vêm transformando a pesquisa bíblica. Escrito por um grupo de argutos pesquisadores e traduzido por Barbara Theoto Lambert, o livro apresenta, exemplifica e critica sete possíveis estratégias de leitura da Bíblia: a crítica retórica, a narratologia, a crítica da resposta do leitor, a crítica ideológica, o pós-estruturalismo e a crítica psicanalítica. Os autores defendem uma crítica bíblica transformada, reconheça que nosso contexto cultural é marcado por estéticas, epistemologias e princípios políticos muito diferentes dos que predominavam nos séculos XVIII e XIX. Defendem também uma crítica bíblica transformadora, que se incumba de entender o impacto ininterrupto da Bíblia na cultura e tire vantagem dos generosos recursos do pensamento contemporâneo sobre linguagem, epistemologia, método, retórica, poder, leitura, bem como as questões políticas prementes e muitas vezes controversas de diferença - gênero, raça, classe, sexualidade e, na verdade, religião - que passaram a ocupar o centro do palco em discursos tanto públicos como acadêmicos. Este livro vem descentralizar a interpretação bíblica institucional, apresentando novas abordagens teóricas e tornando-se obra de referência indispensável.

    • ISBN : 9788515018291
    • Formato 230.0 x 160.0
    • Peso 0.55
    • Páginas 384
    • Disponível em 2000-04-17
    • Book status

    George Aichele

    É do Departamento de Filosofia e Religião do Adrian College. Pesquisa sobre Marcos, teoria da tradução, ficção científica e pós modernismo, intertextualidade e Bíblia.

    Fred W. Burnett

    É do Departamento de Estudos Religiosos da Anderson University. Publicou artigos sobre a crítica bíblica pós-estruturalista, pós-modernista e ideológica, a representação narrativa de personagens judaicas em Mateus.

    Elizabeth A. Castelli

    É do Departamento de Religião do Barnard College. Escreve sobre gênero e religião, tradução bíblica feminista e ascetismo cristão primitivo.

    Robert M. Fowler

    É do Departamento de Religião do Baldwin-Wallace College. Pesquisa a convergência da tecnologia eletrônica, da teoria crítica pós-estruturalista e do aprendizado cooperativo.

    David Jobling

    É do St. Andrew's College. Ex-presidente da Sociedade Canadense de Estudos Bíblicos., divide com Tina Pippin a presidência do Grupo de Crítica Ideológica da Sociedade de Literatura Bíblica.

    Stephen D. Moore

    É do Departamento de Religião da Wichita State University.

    Gary A. Phillips

    É do Departamento de Estudos Religiosos do College of the Holy Cross. Pesquisa sobre pós-modernismo, pós-estruturalismo, crítica ideológica e semiótica.

    Tina Pippin

    É do departamento de Bíblia e Religião e no Programa de Estudos da Mulher no Agnes Scott College. Divide com Jobling a presidência do Grupo de Crítica Ideológica da Sociedade de Literatura Bíblica. Seus interesses acadêmicos incluem o estudo e a divulgação da pedagogia do oprimido.

    Regina M. Schwartz

    É do Departamento de Inglês da Northwestern University. Pesquisa sobre monoteísmo, violência e identidade.

    Wilhelm Wuellner

    É da Pacific School of Union.